Skip to content

No tempo da Monarquia chamavam-se Regeneradores e Progressistas; agora, chamam-se Social-Democratas e Socialistas

31/08/2010
by

 José Luciano de Castro, último «Chefe» do Partido Progressista.

 Mário Soares, líder e histórico fundador dos socialistas.

 Fontes Pereira de Melo. O mais importante dirigente regenerador de sempre. Infelizmente para a Monarquia, faleceu 24 anos antes do colapso de 5 de Outubro 1910.

 

 Francisco Sá Carneiro, ao leme da sempre complexa nau Social-Democrata. Foi, de longe, o dirigente do PSD mais relevante. Faleceu muito antes do tempo, no infeliz dia 4 de Dezembro de 1980. Deixou um vazio impressionante no Partido que fundou. Uma perda que parece, todos os dias, cada vez mais irrecuperável.   

 

Para mim, o tempo que vivemos é, de maneira assustadora, muito parecido aos últimos dias da Monarquia Constitucional. Os dois maiores Partidos do regime parecem, em definitivo, afastar-se da realidade do país. 

 

«O PS descobriu que o PSD quer acabar com o Estado Social. O PSD não sabe o que dizer às críticas do PS. Por esta altura, em vez de andarem a pensar em resolver problemas concretos, caso do PS, ou como os resolverão quando forem Governo, caso do PSD, entretêm-se na guerrinha ideológica de conveniência táctica.»

Eduardo Dâmaso, “Correio da Manhã”, 31-08-2010

Anúncios
6 comentários leave one →
  1. macbajul permalink
    31/08/2010 16:23

    SÓ UMA HIPÓTESE
    NOVA REVOLUÇÃO MAS DE DIREITA.
    A DIREITA TAMBÉM TEM O DEVER DE SER SOLIDÁRIA.
    OU ENTÃO MONARQUIA CONSTITUCIONAL

  2. ALS permalink
    01/09/2010 7:17

    Amigo Macbajul:

    Se há coisa que detesto são revoluções.
    Não sou contra-revolucionário, sou mesmo (a)-revolucionário.
    Prefiro a transição política pacífica, sem revolução, como sucedeu em Espanha por exemplo.
    As revoluções são boas para dois tipos de grupos: para os ultra-reaccionários e para os ultra-revolucionários. São estes que têm a oportunidade de por em prática ideias radicais, que nunca seriam sufragadas em eleições livres.
    Os moderados perdem sempre.

    Muito raramente as revoluções conseguiram alcançar os objectivos que se propunham e, quando o fizeram, foi à custa de muitas iniquidades.

    A horrível frase do «bolchevique» Trotski, dirigida ao «menchevique» Kerenski, no decurso da revolução russa 1917, persegue-me desde sempre: – «estão, desde este momento, no caixote do lixo da história!»

    O 5 de Outubro de 1910 é o típico exemplo de uma revolução que pretendeu atirar para o «caixote de lixo da história», uma instituição, que se confunde com o país, desde a sua génese.

    Como é óbvio, falhou redondamente.

  3. macbajul permalink
    01/09/2010 15:35

    CARÍSSIMO ALS
    CONSIGO ESTOU SEMPRE A APRENDER
    QUERIA EU TER CONHECIMENTOS PARA PODER DEBATER AS SUAS TESES MAS DEFINITIVAMENTE NÃO OS TENHO.
    PODE SER EGOÍSMO MEU MAS ESTOU FARTO DE TANTO DIÁLOGO NESTE PAÍS, CONVERSAR COM INTENÇÕES DE MELHORAR VERDADEIRAMENTE A TODOS OS NÍVEIS OS DESEQUILÍBRIOS EXISTENTES EM PORTUGAL COM BE, MRPP, PCP, UGT,CGTP ETC, ETC..
    É MISSÃO QUASE IMPOSSÍVEL.
    APELANDO AO MEU FRACO RACIOCÍNIO CONCLUO QUE O MEU CARÍSSIMO AMIGO NO FUNDO TEM RAZÃO.
    MAS COMO JÁ TENHO IDADE AVANÇADA DE MODERADO JÁ ME FALTA POUCO, MUITO POUCO.
    RESPEITOSOS CUMPRIMENTOS

  4. ALS permalink
    02/09/2010 11:28

    Caro Macbajul:

    Abraço solidário; ALS.

  5. Anónimo permalink
    05/02/2011 17:23

    wusjxny7reujkndurftij

  6. Anónimo permalink
    05/02/2011 17:25

    Nada Bom

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: