Skip to content

A II.ª República Portuguesa…

11/06/2010
by

«Crianças vestem-se com fardas da Mocidade para reviver 100 anos de República

E por que não uns carros alegóricos alusivos à tortura exibindo os instrumentos usados pela PIDE no seu digno ofício? Ou então vestir alguns miúdos de prisioneiros do Tarrafal e pô-los a trabalhos forçados por razões puramente pedagógicas. Isso é que era “proporcionar à cidade de Aveiro um belo momento de revisão da nossa história recente”, como muito bem explicou o excelentíssimo director do agrupamento de escolas de Aveiro, senhor doutor Carlos Magalhães. E as mães (e os pais) de Aveiro, nada têm a dizer? Ou só se irão preocupar se uma qualquer Bruna Real começar a dar aulas de música às vossas crianças?». Daniel Oliveira, in «Arrastão».

Percebo a indignação de Daniel Oliveira com a iniciativa do director das escolas de Aveiro.

No entanto, os republicanos portugueses, têm de reconhecer que, pelo menos metade dos 100 anos de República que festejam, foi um tempo de: autoritarismo;  censura e polícia política.

Pensar o contrário, como alguns pretendem fazer, ao defender que só agora vivemos a nossa II.ª  República,  pouco mais é do que puro «revisionismo histórico.»

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: